As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bárbara Seixas e Lili salvam campanha brasileira com bronze no Mundial

Demétrio Vecchioli

07 de julho de 2013 | 22h31

Bárbara e Lili vibram com bronze no Mundial

Bárbara e Lili vibram com bronze no Mundial

As mulheres do Brasil tinham grandes chances de fazer o melhor Mundial da história do País na Polônia, mas tiveram uma quinta-feira negra que acabou tornando broxante o desempenho brasileiro na chave feminina. A seleção que entrou na competição com quatro duplas entre as nove melhores do ranking mundial saiu dela com apenas uma entre as 16 primeiras colocadas do torneio. Méritos de Lili e Bárbara Seixas, que terminaram com o bronze.

Parte do fracasso brasileiro se deveu a Xue e Xi, a constante dupla chinesa que foi semifinalista das últimas duas Olimpíadas e disputou ponto a ponto o título do Circuito Mundial de 2012. As chinesas tropeçaram na fase de grupos e enfrentaram Ágatha/Maria Elisa na primeira eliminatória. As brasileiras tinham o jogo na mão no primeiro set, vacilaram, permitiram a virada, e não conseguiram reagir no segundo.

Xue e Xi também pararam a melhor campanha brasileira no Mundial. Lili e Bárbara Seixas fizeram uma primeira fase perfeita. Após a primeira rodada eliminatória, eram a melhor dupla do Mundial. Passaram também por holandesas e italianas antes de serem vítimas fáceis das chinesas: 22/11 e 21/17. Na disputa do bronze, vitória sobre April Ross/Pavik (21/18 e 21/15) para as brasileiras subirem ao pódio de um Mundial pela primeira vez.

De resto, muita frustração. Talita e Taiana chegaram como favoritas, perderam para Maria Clara e Carol na fase de grupos, avançaram, mas não conseguiram confirmar os match points que tiveram para vencer as alemãs Ludwig e Walkenhors. As filhas de Isabel, por sua vez, fizeram uma primeira fase perfeita, mas conseguiram perder para as eslovacas Dubovcova e Nestarcova.

Bárbara e Lili terminaram entre as melhores atacantes do Mundial. Bárbara em quarto, com 108 pontos, Lili em sétimo, com 103. Lili foi a melhor bloqueadora, com 32 bloqueios, excelente média de 1,88 por set. Ágatha acertou 54% dos ataques e foi a quinta da estatística, seguida de Carol, com Bárbara em nono e Lili em 11º. Maria Clara liderou a média de pontos de saque, com 1,63 por set. Carol ficou em terceiro. Bárbara acabou em sexto na lista de melhores defensoras.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.