As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil é eliminado e não briga por vaga na elite do rugby sevens

Demétrio Vecchioli

24 de março de 2013 | 15h55

Brasileiro tenta o try em Hong Kong

Brasileiro tenta o try em Hong Kong

A seleção brasileira masculina de rugby sevens, modalidade olímpica, não conseguiu a vaga para o qualificatório do Circuito Mundial. Neste fim de semana, os brasileiros competiram em Hong Kong precisando terminar entre os quatro melhores de um pré-qualificatório, mas os Tupis foram eliminados nas quartas de final, pelo Zimbábue.

Participaram da competição 12 equipes, divididas em quatro grupos. O Brasil caiu no grupo de Japão, Jamaica e Geórgia. Os Tupis perderam dos japoneses (17 x 10), empataram com a Geórgia (19 x 19) e venceram a Jamaica (31 x 7). Nas quartas, não suportaram o jogo do Zimbábue e perderam por 21 a 7.

Se vencesse, o Brasil iria se classificar para o qualificatório de Londres, junto com a última etapa do Circuito. Ali jogam os quatro times vindos de Hong Kong, também esta seleção asiática, e as três piores do Circuito em 2012/2012. Os três melhores desses oitos garantirão participação em todas as nove etapas do calendário.

A Confederação Brasileira de Rugby sempre foi sincera ao afirmar que o Brasil não visava chegar à elite do rugby sevens na próxima temporada, mas sim na outra, em 2014/2015. A equipe só jogou uma etapa da elite, como convidada, em 2012, nos EUA. Perdeu todos os jogos. No Pan de Guadalajara, quando o rugby sevens estreou no programa, a equipe brasileira foi sétima colocada entre oito times. Ficou à frente de Guiana.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.