As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil vence etapa da Copa das Nações; Rodrigo Pessoa ganha GP em Arezzo

Demétrio Vecchioli

09 de setembro de 2013 | 22h15

Uma das modalidades olímpicas mais difíceis de se acompanhar criticamente é o hipismo. São muitas competições (muitas mesmo), de vários níveis de dificuldade diferentes, com trocentos competidores de alto nível variando cavalos. É muito difícil dizer o que foi um bom resultado ou não.

Dito isso, Rodrigo Pessoa foi campeão do Grand Prix de San Marino, em Arezzo, que teve nível CSIO 3* (CSI significa que a competição é internacional, o O representa que o evento insere e pontua para a Copa das Nações e o algarismo indica o número de estrelas). O cavaleiro, que não vinha de bons resultados, venceu com Citizenguard Cadjanine Z zerando duas apresentações. Faturou 8,7 mil euros.

Dando uma olhada no ranking mundial, Rodrigo Pessoa não venceu ninguém muito importante, apesar de a prova ter sido com obstáculos a 1,60m. Todos que ficaram logo abaixo dele estão abaixo do número 300 do ranking mundial.

Também em Arezzo, o Brasil conquistou o título da etapa da Copa das Nações, com Rodrigo Pessoa (Citizenguard Cadjanine Z), Eduardo Menezes (Calavda), Doda (Ad Uutje) e Marlon Zanotelli (Clouwni).  Este último, competindo com um cavalo que é de uma sociedade entre Doda e seu técnico, foi o único brasileiro a zerar os dois percursos. Pela vitória, a equipe ganhou 10 mil euros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: