As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Canadense salta 6,00m e mostra que ano promete no salto com vara

Demétrio Vecchioli

16 de janeiro de 2016 | 14h24

Passar o sarrafo a 6,00m não é para qualquer um no salto com vara. Na verdade, agora é só para nove atletas e ex-atletas. O grupo ganhou um novo integrante na noite de sexta-feira, quando  o canadense Shawnacy Barber saltou exatamente 6,00m numa competição indoor em Reno, nos Estados Unidos. Ele é o terceiro saltador desta geração a alcançar o feito.

O resultado de Barber, entretanto, é diferente de qualquer outro. Ele tem só 21 anos (é um pouco mais jovem que o brasileiro Thiago Braz) e se tornou o primeiro jovem com menos de 23 anos a passar 6,00m. E isso logo na primeira competição do ano para ele.

Barber surpreendeu todo mundo ao ganhar o Mundial do ano passado – também faturou o ouro nos Jogos Pan-Americanos. Isso não tirou, entretanto, o posto de melhor do mundo do francês Renaud Lavillenie, que salta 6 metros com alguma regularidade. Agora a coisa muda.

Com Barber melhorando em 7 centímetros de uma só vez seu recorde pessoal e quebrando a barreira dos 6 metros, o canadense entra de vez na briga com Lavillenie pelo posto. Além deles, também os alemães Otto e Holzdeppe e o brasileiro Thiago Braz estão entre os 30 melhores de todos os tempos, com saltos acima de 5,92m.

No Mundial, o 5,90m eliminou geral, tirando da disputa até Lavillenie. O francês não vai aceitar passar em branco no Rio e agora tem um rival à altura. A temporada promete.