As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

E o que mais? – Bruno Fontes é campeão sul-americano da Laser

Demétrio Vecchioli

24 de setembro de 2013 | 00h16

Num fim de semana de poucos grandes resultados para o Brasil (até pela falta de eventos), o destaque foi o título sul-americano de Bruno Fontes na classe Laser. Sem Robert Scheidt, aliás, fica mais fácil. O catarinense venceu seis de 10 regatas em Algarrobo (Chile) para conquistar o título sem dificuldades.

“Encerro a competição com sensação de ter feito um grande trabalho. Apesar deste ser meu melhor ano em termos de consistência, eu estava precisando cravar um bom resultado e ele veio agora. O título vem para coroar um grande ano e agora é focar no mundial do Omã, que é a principal competição do ano”, disse Bruno, que disputa o Mundial em novembro.

No Sul-Americano da Laser Radial, Fernanda Decnop foi a terceira melhor mulher e décima no total (competiram também homens e juniores). Antônio Cavalcanti Rosa ficou em segundo no Sub-19. Julia Fernandes da Silva ganhou bronze no júnior feminino.

TRIATLO – Foi esvaziada a quarta etapa do Troféu Brasil, em Santos, uma semana depois do Mundial. No masculino, vitória de Henrique de Oliveira. No feminino, Bia Neres não sentiu o cansaço (até porque em Londres ela sofreu hipotermia e desistiu da prova) e foi campeã. Flávia Fernandes ficou em quinto.

TAEKWONDO – O Brasileiro de Taekwondo, em Belém, teve a participação de poucos atletas da seleção. Entre os destaques, vitórias de Douglas Marcelino (até 87kg) e Talisca Reis (até 53kg).

Confira todos os campeões. Em negrito, os titulares da seleção: João Miguel Neto (até 54kg), Alisson Jhone (até 58kg), Tomás de Oliveira Gonçalves (até 63kg), Breno Pinheiro (até 68kg), Josyhenrique Cruz (até 74kg), Diego Azevedo (até 80kg, vencendo João Pedro Chaves), Douglas Marcelino (até 87kg) e Guilherme Felix (acima de 87kg).

Valéria Rodrigues (até 46kg, vencendo Iris Sing), Marcela D’Avila (até 49kg), Talisca Reis (até 53kg), Rafaela Araújo (até 57kg), Karem Santos (até 57kg), Débora Nunes (até 67kg), Ana Carolina Faria de Souza (até 73kg) e Luciene de Moraes (acima de 73kg).

Duas atletas importantes da seleção mudaram de categoria: Katia Arakaki competiu na até 49kg, subindo de peso (ela estava de reserva de Iris Sing na 46kg). Titular na até 49kg, Leidiane Santos, por sua vez, subiu para a categoria até 53kg.  

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: