As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

É só o começo – Natação vence o Multinations com show de Brandonn Pierry

Demétrio Vecchioli

10 de abril de 2013 | 16h28

No É só o começo estão resultados em competições de base nos esportes olímpicos.

Brandonn Pierry em foto de Renan Silva, no IG.

Brandonn Pierry em foto de Renan Silva, no IG.

NATAÇÃO – O Brasil foi o campeão do tradicional torneio Multinations, da Liga Européia de Natação. Em Poznan, na Polônia, competiram meninos de 15 a 16 anos e meninas de 13 a 14 (ou seja, atletas para os Jogos de 2020, salvos pouquíssimas exceções, como a citada a seguir). Pelo que escreveu Alex Pussieldi, Brandonn Pierry foi o grande destaque da competição. Atleta do Corinthians, comparado a Thiago Pereira, ele venceu quatro provas, sempre com suas melhores marcas pessoais: 400 livre (4min00s05), 1500 livre (15min55s42), 200 medley (2min08s66) e 400 medley (4min29s65). Exceção aos 200 medley, em todos ele tem tempo para nadar final do Maria Lenk no adulto. Importante: ele tem 16 anos, apenas.

Em Kiev competiram meninos de 17 e 18 anos e meninas de 15 e 16 (atletas com totais chances de nadar nos Jogos do Rio). Alex Pussieldi destaca como melhores resultados a vitória de Pedro Cardona nos 100m peito (1min03s65) e de Bruna Primati nos 400 medley (5min02s62). Matheus Santana, promessa pra integrar o revezamento 4x100m, foi prata na prova individual, com 51s44.

ATLETISMO – Claudine Paola fez o índice para o Campeonato Pan-Americano Juvenil no salto triplo, com 12,91m.  Carla Eduarda Carvalho, com 1,78m no salto em altura, e  Thiago Adriano, no disco, com 58,74m, também fizeram índice. Todos são de 1994.

TÊNIS DE MESA – Lucas Prandi, uma das revelações da modalidade, promessa para 2020, foi até as quartas de final do Torneio de Malta, em Portugal, na categoria sub-15. Ele liderou seu grupo, avançou nas oitavas, mas parou no inglês Anders Lind. Prandi é treinado pelo polonês Piotr Skierski.

ESGRIMA – Está acontecendo o Mundial de Juvenis e Cadetes de Esgrima. O Brasil já faturou uma medalha de bronze, mas, por ser Mundial, vou fazer uma leitura geral ao fim da competição.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.