As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Francês estreia pelo Brasil com bom resultado na esgrima em Paris

Demétrio Vecchioli

20 de janeiro de 2014 | 01h06

Nascido em Fortaleza, mas atleta da França até o ano passado, Ghislain Perrier competiu como atleta brasileiro no Challenger Internacional de Paris, sexta-feira, no florete masculino. E o franco-brasileiro conseguiu um bom resultado ao terminar na 31.ª colocação competindo em casa.

Ex-número 84 do mundo, ele estava fora do ranking porque não competia desde abril (e não fazia um bom torneio desde junho de 2012). Agora já somou importantes quatro pontos na lista. E Ghislain é importantíssimo para o Brasil em 2016 porque a tendência é a CBE escolher utilizar parte das vagas de país-sede na equipe masculina de florete.

Em Paris, ele foi bem melhor que os demais brasileiros. Guilherme Toldo terminou em 71.º, sem pontos para o ranking mundial, enquanto Marco Xavier, Fernando Scavasin, Pierre Souza, Heitor Shimbo, Jerônimo Macedo, Pedro Marostega e João Antônio Souza ficaram todos entre o 163.º e o 205.º e último lugar. Opinião: acho muita gente viajando para cumprir tabela. Por equipes, o Brasil acabou numa boa 11.ª posição, somando 23 pontos no ranking mundial.

JÚNIOR – Três brasileiros competiram em torneios de juniores no fim de semana. Henrique Marques conseguiu um bom 18.º lugar no florete em  Mödling, na Áustria. Também ali, Rafael Melaragno foi o 92.º. Luiz Rodrigues, por sua vez, acabou apenas na 108.ª colocação na espada na Suíça.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.