As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Garantido na Olimpíada, Solonei entra no pelotão de elite da Maratona de Boston

Demétrio Vecchioli

14 de janeiro de 2016 | 18h41

Já garantido na Olimpíada pelo Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), o maratonista Solonei Rocha da Silva vai participar da importante Maratona de Boston (EUA) como um dos convidados pela organização. A lista do chamado “pelotão de elite” tem 17 africanos, Solonei, um holandês e dois norte-americanos.

O brasileiro só vai poder participar da Maratona de Boston, dia 18 de abril, porque já teve sua convocação assegurada pela CBAt, que definiu que se algum brasileiro ficasse no Top 20 da maratona do Mundial de Pequim (China), no ano passado, teria lugar assegurado no Rio-2016. Solonei decepcionou na China, foi só 17.º colocado, mas carimbou passaporte para a Olimpíada.

Solonei pretendia correr mais uma maratona neste primeiro semestre antes do fim do prazo de obtenção de índices, que para esta distância se encerra em 6 de maio, em busca de melhorar sua marca. Convocado, ele não tem mais essa preocupação. Assim, pode se dedicar à Maratona de Boston que, por conta do seu percurso em declive, não tem seus resultados auferidos pela IAAF.

Principal nome do pelotão de elite da prova neste ano, o queniano Geoffrey Mutai correu em Boston em 2h03min02 em 2011, mas o resultado não valeu como recorde mundial exatamente por conta dessa peculiaridade. O etíope Lelisa Desisa, campeão em Boston no ano passado, também está no pelotão de elite. No total, serão sete quenianos e seis etíopes convidados