Garoto de 16 anos garante primeira medalha da história do Brasil no tiro com arco
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Garoto de 16 anos garante primeira medalha da história do Brasil no tiro com arco

Demétrio Vecchioli

14 de maio de 2014 | 23h34

tiro com arco

Marcus Vinicius Carvalho

O Brasil garantiu, nesta quarta-feira, mais um resultado fantástico para o seu esporte olímpico. Pela primeira vez na história o País irá conquistar uma medalha em uma etapa da Copa do Mundo de Tiro com Arco. A dupla mista formada por Marcus Vinicius D’Almeida e Sarah Nikitin está na final da etapa de Medellin (Colômbia), a segunda da temporada – são apenas quatro.

Os brasileiros avançaram no 17.º lugar da fase de classificação, enfrentaram os EUA, e venceram. Na sequência, superaram Canadá e México para chegar na final contra a Coreia do Sul, que tem a principal escola da modalidade. É, para o tiro com arco, o que o Brasil é para o futebol.

A disputa de duplas mistas não faz parte do programa olímpico. Mas a conquista desta quarta-feira mostra que o Brasil no mínimo pode brigar entre os melhores do mundo. A dupla mexicana tinha Aida Román, prata em Londres no individual. EUA e Canadá também contavam, nas suas duplas, com atletas que foram à última edição dos Jogos Olímpicos.

Marcus Vinicius, de apenas 16 anos, é o melhor arqueiro que o Brasil já teve. Nos Jogos Sul-Americanos, bateu o recorde brasileiro. No Mundial do ano passado, só parou no campeão olímpico. Na primeira etapa da Copa do Mundo, foi até as oitavas (ficou no atleta que seria vice-campeão). Já Sarah Nikitin ficou em quinto no Mundial do ano passado.

Em outras palavras: não se surpreenda se o Brasil ganhar medalha no tiro com arco em 2016.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: