As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Hugo Parisi cai no doping e fica fora do Mundial

Demétrio Vecchioli

19 de junho de 2013 | 01h39

Hugo Parisi não vai poder defender o Brasil no Mundial de Barcelona. Sem ele sobrou só César Castro

Hugo Parisi não vai poder defender o Brasil no Mundial de Barcelona. Sem ele sobrou só César Castro

Pelo que relatava o Blog do Coach, há algum tempo já se comentava sobre um possível doping nos saltos ornamentais brasileiros. O caso veio à tona nesta segunda-feira, com a revelação do doping de Hugo Parisi, atleta da plataforma (o melhor do País), que estava classificado para o Mundial de Barcelona.

Parisi admitiu o doping. Ele disse que utilizou um medicamento receitado por um médico para uma “uvulite associada a faringolaringite”, que é a inflamação na “campainha” da boca. Ele disse ter procurado o remédio na lista de remédios proibidos da Wada, mas não ter encontrado nada. Isso porque a lista informa a substância e não o nome do remédio.

Leia mais: Brasileiros trocam chance de disputar Mundial por treinos pesados na China

Como também não comunicou à CBDA o uso do remédio, não pôde se valer de um recurso que “permite” o doping em casos de medicação urgente, que seria o caso para ele.

Julgado pela FINA na sexta, recebeu três meses de suspensão, mais por irresponsabilidade do que por má fé. De qualquer forma, está fora do Mundial.

O Lance! e o SporTV falaram com ele, que explicou direitinho a história e reclamou da falta de clareza no manual da Wada, que não é disponibilizado com tradução em português.

Tudo o que sabemos sobre:

dopingHugo Parisisaltos ornamentais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.