As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Guilheiro passa por mais uma cirurgia e para por seis meses

Demétrio Vecchioli

20 de março de 2013 | 13h34

É a nona cirurgia da carreira de Guilheiro (Crédito: AFP)

É a nona cirurgia da carreira de Guilheiro (Crédito: AFP)

Depois de praticamente quatro anos sem ir à mesa de cirurgias, Leandro Guilheiro tem novamente que conviver com lesões. Nesta terça-feira, o atleta do Esporte Clube Pinheiros foi operado pelo médico Wagner Castropil, ex-judoca olímpico, para reconstruir o ligamento cruzado anterior do seu joelho direito.

A previsão inicial é que Guilheiro fique sem lutar pelos próximos seis meses, o que significaria voltar a competir apenas em setembro ou outubro. Assim, ele vai passar fácil um ano sem competir. Mas isso não deve ser problema na preparação para os Jogos do Rio/2016.

O judoca teve um excelente ciclo olímpico exatamente até os Jogos de Londres, onde não foi bem. Perdeu para um americano nas quartas de final e para um japonês na repescagem, terminando sem medalhas.

Sua volta aos tatames seria no Mundial por Equipes, em Salvador, em outubro do ano passado. Mas Guilheiro lesionou o ombro e acabou cortado. Agora preparava novamente o seu retorno às competições quando sofreu a lesão no joelho durante um treinamento com a seleção brasileira de judô, em São Paulo.

De acordo com a assessoria de imprensa do Instituto Vita, do qual Castropil é presidente, esta foi a nona cirurgia da carreira de Guilheiro. A saber: quadril (2004), ombro direito (2006), coluna, joelho direito e ombro esquerdo (2008), ombro esquerdo (2012) e, agora, joelho direito (2013). 

Leia mais sobre judô:

É só o começo – Judô fatura 24 medalhas na Europa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.