As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Kleberson Davide faz tempo expressivo e vai ao Mundial de Moscou

Demétrio Vecchioli

31 de março de 2013 | 02h20

Kleberson Davide faz o recorde para o MundialKleberson Davide conquistou, durante a semana, o resultado mais expressivo da temporada brasileira no atletismo até aqui. Para marcar o índice para o Mundial de Moscou, ele anotou o que seria o sexto melhor tempo da história nacional: 1min44s84. E vale ressaltar que essa não é uma prova qualquer.

Tempos melhores que o dele só fizeram Joaquim Cruz, Zequinha Barbosa, Agberto Conceição (todos em 1984 e 1991), o próprio Kleberson (em 2011) e Fabiano Peçanha (em 2007).

O índice da CBAt é  1min45s74 e tanto Peçanha quanto Lutimar Abreu Paes, colega de Kleberson no Pinheiros, têm condições de correr abaixo disso. Davide vai para o seu quarto Mundial. Antes dele, só atletas do salto triplo estavam garantidos em Moscou.

SALTOS – O índice dos 800 veio na quarta, durante um festival no Ibirapuera. Ali,  Mauro Vinícius da Silva, o Duda, pulou 8,08 no salto em distância. Também é uma marca bastante expressiva: apenas quatro centímetros menor que seu recorde pessoal e 3cm a menos do que saltou na Olimpíada.

Mas o índice exigido pela CBAt é muito alto: 8,10m. De qualquer forma, o salto não valeria para o Mundial, uma vez que o vento estava acima de 2,0 m/s (3,1).  Rogério Bispo (Orcampi/Unimed) também fez  um bom salto: 7,92m.

Tendências: