As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lohaynny Vicente vai a mais uma final e não para de impressionar

Demétrio Vecchioli

21 de outubro de 2013 | 21h23

Que Lohaynny Vicente é um fenômeno ninguém duvida. Mas a prova vem sendo dada cada vez que a brasileira de 17 anos entra em quadra. Vice-campeã do Aberto do Brasil de Badminton, no começo do mês, em São Paulo, ela já chegou ao 148.º lugar do ranking mundial.

Parece pouco, mas precisa ser destacado que ela participou apenas de quatro competições para estar neste posto. Em São Paulo a brasileira venceu Jamie Subandhi (EUA), 47ª colocada do ranking mundial. Na final, perdeu apertado para a canadense Li Michelle, 37ª melhor do mundo. Neste quatro torneios, todos na América, Lohaynny chegou a três finais e uma semifinal, conquistando o título na Argentina. Ainda falta, porém, se testar contra os asiáticos.

No masculino, também nenhuma surpresa entre os brasileiros. Daniel Paiola foi o melhor, derrotado por um atleta de Taiwan na semifinal. Hoje ele é apenas o 233º do ranking mundial, com quatro torneios disputados. No ano passado, depois de ficar fora da Olimpíada por pouco, ele tirou um período de descanso.

Nas duplas, Hugo Arthuso e Alex Tjong confirmaram que são os melhores do País e só perderam dos americanos na disputa do ouro. Eles ocupam exatamente o 100º lugar no ranking. Filipe Toledo jogou com um cubano e ganhou bronze.

OUTROS RESULTADOS – Fabiana Silva deu trabalho para Subandhi, mas parou nas quartas de final. Samira Raquel também parou nesta etapa, diante de Michelle. Nas duplas femininas, uma surpresa, com Thalita Correa e Mariana Pedrol terminando com a prata e superando as favoritas Yasmin Cury e Ana Paula Campos. Lohaynny e Paula Pereira ficaram na semifinal.

Alex Tjong, Filipe Toledo, Luiz Eduardo Martinez e Luiz dos Santos pararam na primeira rodada (16 avos de final). Só Francielton Farias e seu irmão Gabriel Farias foram às oitavas. Este, vindo do quali, eliminou Toledo.

Por fim, nas duplas mistas, Daniel e Paula foram até a semifinal. Lohaynny e Alex Tjong deram azar na chave e perderam nas oitavas de final para a dupla que acabou campeã.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: