As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Murer vai ao limite e termina em 5º; Keila Costa decepciona

Demétrio Vecchioli

13 de agosto de 2013 | 14h20

Fabiana Lancent

Fabiana Murer foi até o seu limite no Mundial de Moscou. Nesta terça-feira, a brasileira passou fácil por 4,55m e também por 4,65m. Mas quando o sarrafo chegou a 4,75m, ela não conseguiu chegar ao melhor resultado da temporada. Errou as três tentativas e terminou no quinto lugar.

Campeã mundial em 2011, Fabiana não chegou a Moscou entre as favoritas. Apesar de ter 4,85m como melhor salto da carreira, não passou de 4,73m na temporada. E não foi no Mundial que esta marca veio.

Para tentar o 4,75m, a brasileira puxou a marca para frente após a segunda tentativa, mas não foi o suficiente para conseguir completar o salto. Terminou em quinto, atrás exatamente das quatro que chegaram a Moscou num nível acima do de Murer.

Pela manhã, Keila Costa não conseguiu avançar à final do salto triplo. Fez três tentativas muito parecidas, a melhor delas de 13,82m, e terminou apenas com 13ª marca, a 6cm da final. Ela havia chegado a Moscou como quarta do ranking mundial, graças a um salto de 14,58m feito em São Paulo, em junho. Poderia ter rendido bem mais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: