Não é só Laís: reserva também está machucada e precisa ser operada
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Não é só Laís: reserva também está machucada e precisa ser operada

Demétrio Vecchioli

28 de janeiro de 2014 | 12h19

Como vocês já sabem, Laís Souza está fora da Olimpíada de Inverno pois sofreu uma lesão cervical grave após um treino em Salt Lake City e precisou ser operada durante a madrugada brasileira. O que pouca gente sabe é que Josi Santos, que agora deve herdar a vaga que seria de Laís (nem estava oficializada), também precisará ser operada. Mas, ao que tudo indica, competirá assim mesmo em Sochi, caso a FIS oficialize a vaga (a história é complicada, mas eu tentei explicar aqui).

O diagnóstico inicial é que Josi, também ex-ginasta, sofreu a ruptura parcial do ligamento cruzado anterior do joelho. Por conta do sonho olímpico, competiu ainda em duas etapas de Copa do Mundo.

A própria lesão ocorreu durante uma competição e a atleta precisou ser socorrida por médicos e fisioterapeutas de equipes de outros países, uma vez que o Brasil viaja só com técnico e atletas, sem equipe multidisciplinar.

Isso numa modalidade em que as lesões são absolutamente comuns, pelo impacto do salto e pelo risco de um movimento errado no ar causar uma queda torta na neve.

Laís já tinha perdido as contas de por quantas cirurgias passou. Falava em “12 ou 13”. Isso fez ela ganhar a fama de “zicada”. Basta lembrar que, em Londres, na Olimpíada de Verão, ela foi cortada duas semanas antes da cerimônia de abertura, com uma lesão na mão, também sofrida durante um treino.

E foi exatamente o medo de uma lesão que fez o acerto entre CBDN e Laís demorar meses. A fisioterapeuta/amiga/empresária Denise não abria mão de, como fisioterapeuta, acompanhar Laís. Ela foi para a primeira fase de treinos, mas não as acompanhou na volta ao inverno.

O COB diz, porém, que elas estão cobertas pelo seguro internacional da CBDN e pela apólice de seguro saúde do Time Brasil, da Bradesco Seguradora. Além disso, o médico do COB  Antonio Marttos Jr está viajando para Salt Lake City.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: