Seletiva olímpica do tiro com arco terá duelo de pai de 60 anos contra filho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Seletiva olímpica do tiro com arco terá duelo de pai de 60 anos contra filho

Demétrio Vecchioli

22 de janeiro de 2016 | 19h26

RENATO EMÍLIO

Acontece neste fim de semana, de sábado até domingo, na Vila Olímpica Mario Covas, em São Paulo, a primeira seletiva olímpica do tiro com arco brasileiro. Este torneio vai apontar cinco classificados no masculino e outros cinco no feminino que, junto com os atletas que compõem a seleção permanente, brigarão pela convocação ao Rio-2016.

Como país-sede, o Brasil tem direito a três atletas no masculino e três no feminino e participação garantida na chave por equipes. Responsável por difundir o tiro com arco no Brasil ao conquistar o vice-campeonato mundial em 2014, Marcus Vinicius D’Almeida já faz parte da seleção permanente e entra direto na segunda etapa da seletiva.

O torneio em São Paulo, aberto a todos os atletas filiados, vai reunir 68 arqueiros, sendo 18 no feminino e 51 no masculino. O mais velho deles será Renato Dutra e Mello Emilio, de 60 anos, que disputou os Jogos Olímpicos em 1980 (Moscou), 1984 (Los Angeles), Seoul (1988) e Barcelona (1992).

Renato vai competir contra o filho, Fábio Emilio, que defendeu o Brasil nos Jogos Pan-Americanos em 2007 e 2011. Eles são herdeiros de Renato Joaquim Emílio, considerado o primeiro arqueiro brasileiro de alto rendimento.

Pelo que definiu a CBTArco, 10 atletas em cada naipe disputarão a seletiva fechada, sendo cinco vindos desta seletiva aberta, quatro da seleção permanente, e uma vaga aberta por convite. Aí, serão quatro torneios, entre março e abril, que apontarão dois convocados por naipe. Outros dois serão escolhidos pela comissão técnica.

Com as equipes formadas e devidamente convocadas, elas treinarão para o Rio-2016. Até o limite do prazo de inscrição, a comissão técnica vai apontar os três titulares (que terão direito de jogar também a chave de simples) e quem fica como reserva.

Mais conteúdo sobre:

tiro com arco