As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pela seleção, Flávia Oliveira é segunda na Volta do México

Demétrio Vecchioli

21 de outubro de 2013 | 19h19

Selelção feminina de ciclismo

Tentando superar a antiga dependência da família Fernandes, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) levou a seleção brasileira feminina de estrada para disputar a Volta do México. E colheu bons frutos, com a segunda colocação geral de Flávia Oliveira, atleta que tem equipe nos Estados Unidos, e que foi a melhor brasileira no Mundial da Itália, mês passado.

Flávia completou as seis etapas a 51 segundos da vencedora, a mexicana Erika Varela, que venceu todos os seis dias no México. Daniela Lionço também foi bem, terminando em segundo por pontos (meta volante, que considera a classificação em determinados postos intermediários das etapas). Ao que entendi, Daniela teria tido resultado melhor na classificação por tempo se não tivesse errado o percurso numa etapa.

“As meninas estão de parabéns. Competimos acima de 2.700 metros de altitude contra atletas de ótimo nível e acostumadas com esse desnível. Conseguimos resultados muito bons. Faltou pouco para ficarmos com a vitória. Acredito muito no potencial das nossas atletas. Temos várias meninas com talento a ser trabalhado”, disse Cássio Freitas, técnico da seleção feminina.

Não encontrei a classificação final da Volta do México (que não vale pontos para o ranking da UCI), mas o Brasil ainda teve Ana Paula Casetta e Márcia Fernandes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.