As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Evandro e Vitor Felipe surpreendem e são campeões pela 1ª vez

Demétrio Vecchioli

10 de agosto de 2013 | 21h31

FIVB Berlin Grand Slam, Awarding Ceremony

Num torneio atípico, onde nenhuma dupla favorita conseguiu chegar à semifinal e até as quartas de final foram compostas basicamente por azarões, Evandro e Vitor Felipe levaram a melhor e conquistaram, neste sábado, o título do Grand Slam de Berlim.

Quarta dupla da seleção, eles jogavam sem pressão, uma vez que a partir do Grand Slam de Moscou, semana que vem, as duplas serão mudadas. Evandro jogará com Emanuel e Vitor Felipe com Emanuel. Aproveitaram para fazer bonito na Alemanha, saindo do qualifying e chegando ao título com uma campanha consistente.

Venceram Ricardo/Álvaro Filho na fase de grupos e Pedro Solberg/Bruno Schmidt nas oitavas de final. Nas fases decisivas, vitórias sobre Fijalek/Prudel (Polônia), Tomatis/Ranghieri (Itália) e Semenov/Krasilnikov (Rússia).

Como destacou falando ao site da FIVB, Vitor Felipe conquistou seu primeiro título como jogador adulto. Nem no Circuito Brasileiro ele havia subido ao lugar mais alto do pódio. Uma conquista e tanto para o jogador de 22 anos, vice-campeão mundial sub-23 com Márcio Gaudie esse ano.

DEMAIS BRASILEIROS – De resto, a campanha do País em Berlim foi medíocre. Pedro e Bruno avançaram da fase de grupos invictos, mas caíram em Evandro e Vitor nas oitavas.

Alison e Emanuel perderam para os russos Semenov e Krasilnikov, que viriam a ser vice-campeões, ainda na fase de grupos. Nas oitavas, foram eliminados por Herrera/Gavira (Espanha)

Já Ricardo e Álvaro Filho parecem ter sentido a falta de ritmo de Ricardo, que não jogou em Long Beach. Em quatro jogos em Berlim, apenas uma vitória. A eliminação foi diante de Rosenthal/Dalhausser (EUA).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.