As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Yane conquista prata e vai pela primeira vez ao pódio em Mundiais

Demétrio Vecchioli

24 de agosto de 2013 | 19h11

Yane no pódio do Mundial de Pentatlo Moderno. Ela bate continência porque é militar

Yane no pódio do Mundial de Pentatlo Moderno. Ela bate continência porque é militar

Yane Marques voltou a mostrar neste sábado que é uma das melhores atletas do País na atualidade. Em Taiwan, ela subiu ao pódio com o segundo lugar no Mundial de Pentatlo Moderno e conquistou sua primeira medalha neste tipo de competição. Nunca é demais lembrar que ela foi terceira colocada nos Jogos de Londres/2012.

Esta foi a sétima participação dela em Mundiais e Yane nunca sequer havia chegado perto do pódio. Nem passou à final em 2004 e 2006, terminou em 28º em 2008, 21º em 2009, e sexto em 2010. Na última edição, em 2011, havia sido a sétima.

Nesta temporada, ela já havia sido campeã da Kremlin Cup, na Rússia. Na ocasião, passou a lituana Laura Asadauskaite, campeã olímpica, na prova combinada de tiro e corrida. E foi novamente a última etapa do pentatlo que voltou a colocar Yane no pódio.

Se na Rússia ela completou a prova em 14min06s, dessa vez melhorou seu tempo em um minuto, com 13min02. Na natação, que é seu forte, manteve a média de 2min15s, pior que nos Jogos de Londres e no último Mundial. Se evoluir na esgrima, pode ser campeã olímpica no Rio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.