Yane vai mal e termina Mundial apenas na 14ª colocação
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Yane vai mal e termina Mundial apenas na 14ª colocação

Yane Marques é esperança de medalha para 2016, mas decepcionou no Mundial deste ano. Ela tem 2015 para se recuperar

Demétrio Vecchioli

05 Setembro 2014 | 14h33

A temporada 2014 está sendo muito ruim para Yane Marques, atleta tida como virtual medalhista em 2016. Bronze nos Jogos de Londres/2012 e prata no Mundial/2013, nesta sexta-feira ela foi apenas a 14.ª colocada na final feminina do Mundial de Pentatlo Moderno, que está sendo disputado em Varsóvia, na Polônia. Um resultado péssimo para uma atleta que primava pela regularidade até o ano passado e que, em 2014, ficou muito longe das melhores do mundo.

Na quarta-feira, na etapa classificatória do Mundial, Yane já não havia ido bem, avançando à final apenas na 33.ª colocação – a decisão teve 36 atletas. Nesta sexta, ela começou o dia em Varsóvia no 17.º lugar na esgrima. Depois, se recuperou sendo a quinta na natação, sua especialidade entre as cinco disciplinas do pentatlo moderno.

No hipismo, obteve o 10.º lugar, chegando à prova combinada de tiro e corrida com condições de brigar pelo pódio. Mas, na última etapa da final, Yane mais uma vez não foi bem, finalizando o circuito 49 segundos mais lenta que a britânica Samantha Murray, que acabou campeã. No total, foram 72 segundos de desvantagem para a medalhista de ouro – antes da prova combinada, a pontuação é convertida em tempo.

Yane chegou ao Mundial como quinta colocada no ranking mundial, apesar de uma temporada ruim. Neste ano, ela sequer foi à final da primeira etapa da Copa do Mundo (em Acapulco), foi 14.ª no Cairo e sétima na China. Depois, na Final da Copa do Mundo, acabou apenas na nona colocação. A brasileira ainda terminou em nono a importante Kremlin Cup, em Moscou (havia sido campeã ano passado), e só subiu ao pódio no Pan-Americano, como campeã.

As outras duas brasileiras que participaram do Mundial, Priscila Oliveira e Larissa Lellys não passaram para a final. No masculino, William Muinhos, Felipe Nascimento, Danilo Fagundes e Luis Magno sequer conseguiram ficar entre os 60 primeiros no masculino e não disputam a final deste sábado. 

Mais conteúdo sobre:

pentatlo modernoYane Marques