As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De volta aos velhos tempos

Fernando Faro

08 de dezembro de 2014 | 18h56

Houve um tempo em que o São Paulo era campeão em formar elencos fortes e com investimentos menores graças à excelente percepção dos movimentos do mercado, que permitia ao clube gastar apenas com o pagamento de luvas e salários.

Ao que parece, esses tempos estão voltando. Pelo segundo ano seguido, o clube vai às compras sem desembolsar valores exorbitantes – excluída, claro, a chegada de Kardec. Alvaro Pereira, Souza, Kaká, Pato e Michel Bastos chegaram nestas condições e o clube inicia seu período no mercado repetindo a fórmula com Carlinhos.

Independente do jogador ser ou não um fora de série, é um aporte interessante para o elenco e tem bastante a contribuir pelas suas características ofensivas e ótimos cruzamentos (dá a Muricy a possibilidade de alterar o estilo de jogo da equipe). Além disso, encorpa o grupo para a disputa da difícil Libertadores que se desenha do Paulistão, vencido pela última vez no distante 2005.

A julgar pela primeira contratação, o torcedor pode esperar um São Paulo mais forte em 2015 e com mais opções no elenco. Ainda faltam peças, a zaga precisa de pelo menos mais um bom nome para compor com Toloi e Rodrigo Caio (caso o garoto não volte a ser volante, como quer Muricy), o ataque precisa de um jogador com mais refinamento que Osvaldo e Ademilson e Kaká precisa de um substituto à altura.

O lado bom é que o mercado apenas começou e a diretoria está confiante em reforçar a equipe com as peças solicitadas por Muricy. Se repetir o sucesso do ano passado, o Tricolor entra muito forte no ano que vem.

Tendências: