Luciano ou Romero? Mano Menezes carrega dúvida para o dérbi
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Luciano ou Romero? Mano Menezes carrega dúvida para o dérbi

Vitor Marques

24 de outubro de 2014 | 18h18

Os dois são atacantes. Luciano é o artilheiro do Corinthians na temporada, com 15 gols, mas ganhou a fama de ‘talismã’ por marcar muitos gols quando sai do banco de reservas. Já Romero atuou 23 vezes e marcou apenas um gol. Vive uma fase muito ruim, como ficou claro no jogo contra o Vitória. Romero começou jogando e foi substituído por Luciano, que entrou no segundo e…fez o segundo da vitória por 2 a 1.

Qual deles substituirá Guerrero é a grande dúvida que Mano Menezes carrega para o clássico deste sábado contra o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro. “Temos de escolher se queremos um jogador que brigue mais com os zagueiros desde o início (Romero) ou que jogue mais aberto (Luciano), afirmou o treinador em entrevista coletiva nesta sexta-feira.  O técnico, de fato, vive um dilema.

Luciano_Corinthians_Alex_Silva_Estadao

Luciano, o ‘talismã’ do Corinthians

Escalar Luciano desde o início pode significar queimar uma substituição. Apostar em Romero seria uma forma de insistir no mesmo erro.  Convenhamos, é uma escolha difícil. Pelo momento, o mais prudente, no entanto, é apostar em Luciano. Se ele for mal, Mano ainda teria uma carta na manga: Malcom fica no banco de reservas.

Uma coisa é certa: para 2015, é urgente a contratação de um outro centroavante. Com Mano no comando da equipe ou não. O Corinthians não pode, numa reta final de um Campeonato Brasileiro, ficar à mercê de um jogador, mesmo que seja tão bom como Guerrero, ou do STJD, que mais atrapalha do que ajuda os clubes.

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: