As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A vez dos pequenos no Paulistão

Luiz Prosperi

11 de abril de 2011 | 15h01

Os resultados da rodada deste domingo no Paulistão apontam para esses confrontos na próxima fase: Palmeiras x São Caetano, São Paulo x Ponte Preta, Corinthians x Mirassol, e Santos x Oeste. Pouco provável que esta configuração sofra uma transformação radical após a última rodada da primeira fase, no próximo domingo, quando serão conhecidos os oito finalistas.

Como o regulamento prevê apenas um jogo – no caso de empate a disputa vai para os pênaltis -, não será surpresa se times pequenos eliminarem os grandes já nas quartas de final. Basta uma má jornada, um lance infeliz ou um erro infantil, para o gigante cair diante do anão.

Teríamos assim uma final apenas entre clubes do interior. Seria um tapa na cara nos dirigentes da Federação Paulista e, por tabela, dos presidentes dos grandes clubes que assinaram embaixo este ridículo sistema de disputa do Paulistão.

Você quer saber, seria até interessante aos grandes uma queda antes das semifinais. Assim, treinadores de Palmeiras, São Paulo e Santos teriam tempo para cuidar dos interesses de seus times na Copa do Brasil e Libertadores. E o Corinthians poderia se preparar melhor para o Brasileirão, que começa em meados de maio.

Seria também a prova definitiva de que a federação e os clubes não têm competência para elaborar um belo campeonato estadual.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.