As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

CBF prejudica clubes no Brasileirão 2015

Clubes paulistas se dão bem na rodada deste fim de semana e lamentam saída de jogadores que vão estar com a seleção de Dunga nos próximos dez dias

Luiz Prosperi

30 de agosto de 2015 | 21h12

Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos foram os protagonistas da segunda rodada do returno deste Brasileirão 2015. Os quatro saíram contemplados pelo que produziram na Copa do Brasil no meio da semana. Mas vão ser prejudicados pela convocação das seleções principal e olímpica nas próximas três rodadas.

O caso do líder Corinthians é sintomático. Desprezou a Copa do Brasil, e por isso foi eliminado pelo Santos, para ter mais fôlego no Brasileirão. Deu certo. Jadson e Elias, que não jogaram na quarta-feira, foram protagonistas na vitória contra a Chapecoense neste domingo, resultado que consolida a liderança do time no Brasileiro. E vai ficar sem Elias que estará com a seleção nos próximos dez dias.

Outro que se deu bem na rodada foi o Palmeiras. Voltou de Minas classificado às quartas de final da Copa do Brasil e apresentou ao País o garoto Gabriel Jesus. O menino apareceu de novo e deu a vitória diante do Joinville neste domingo, vitória que levou o Palmeiras ao G-4. Sorte do time é que Dunga não convocou ninguém do alviverde.

O São Paulo também se fortaleceu e, parece, chutou a crise ao eliminar o Ceará no meio da semana e vencer a Ponte Preta no sábado. Bastou Juan Carlos Osorio anunciar o fim do rodízio e não inventar no esquema do jogo para os jogadores responderem bem. O time tricolor está a um passo do G-4. E vai ceder Rodrigo Caio e Lucão para a seleção olímpica a partir de hoje.

O Santos também cresceu ao tirar o Corinthians da Copa do Brasil. Confiante, conseguiu a primeira vitória fora de casa neste Brasileirão ao bater o fraco Cruzeiro no Mineirão. Mas vai perder Lucas Lima nas próximas três rodadas. O meia se apresenta à seleção brasileira.

Se os paulistas foram bem, a CBF, mais uma vez, errou feio. No momento mais agudo do Brasileirão 2015 vai desfalcar os times que cederão jogadores importantes para amistosos das seleções principal e olímpica.

A CBF não consegue entender que nos dias de jogos da seleção o campeonato deveria ser paralisado. Na Europa, todas as ligas não terão rodadas no próximo fim semana porque as seleções vão disputar amistosos e partidas oficiais. Simples.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: