As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Comissão de notáveis na Seleção Brasileira

Luiz Prosperi

20 de setembro de 2012 | 21h17

A Seleção Brasileira embicou. Do jeito que está, dificilmente vai chegar forte em 2014. Mano Menezes já não consegue manter a calma. Sua comemoração após o gol de pênalti convertido por Neymar contra a Argentina, nesta quarta-feira, foi um sinal de que ele está no limite. Depois, nas entrevistas, ameniza o tom como se fosse um catedrático do futebol.

Mano está chegando ao fim da linha. Os poderes constituídos no futebol brasileiro trabalham em silêncio para trocar o comando da Seleção. Não está descartada uma frente de notáveis para tocar o barco e montar um projeto ambicioso para a Copa do Mundo.

Três nomes ganham força para compor a comissão dos notáveis Carlos Alberto Parreira, no papel de coordenador, Luiz Felipe Scolari, treinador, e Ronaldo Fenômeno, embaixador da Seleção. Não se descarta também a participação de Vanderlei Luxemburgo.

O plano em construção prevê um pacto em todas as frentes para o Brasil conquistar a todo custo a Copa de 2014. A conferir.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: