As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Kleber pisa no Palmeiras

Luiz Prosperi

14 de julho de 2011 | 21h32

Kleber deve ter muito crédito com a diretoria do Palmeiras. Fosse outro jogador e já teria levado um gancho e ainda uma pesada multa em seus salários. Há pelo menos duas semanas o Gladiador tem subvertido a ordem no Palestra Itália. E até a noite desta quinta-feira, estava soberano no clube.

Nenhuma advertência, nenhuma reunião dos dirigentes para se tomar uma providência, nenhuma satisfação ao torcedor. O atacante faltou ao treino da manhã desta quinta-feira. Depois apareceu à tarde e, por meio do Twitter, pediu desculpas à nação alviverde.

Os torcedores, em especial os das facções organizadas, também não movem uma palha contra Kleber. Bom lembrar que, por muito menos, Vagner Love e Diego Souza foram escorraçados do Palestra pelos ‘guardiões’ das uniformizadas.

Se Kleber quer dinheiro para ficar, a diretoria deve tomar uma decisão. Dá o aumento ou não e obriga o jogador a cumprir o contrato. E não se fala mais nisso. Atitudes como a do Gladiador não combinam com a postura de um correto profissional da bola.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.