Reforço do São Paulo já falhou como Lucão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Reforço do São Paulo já falhou como Lucão

Zagueiro do Porto vem por empréstimo de seis meses e sai de Portugal criticado pela torcida

Luiz Prosperi

15 de fevereiro de 2016 | 12h40

 

maiconsp

Maicon, novo reforço do São Paulo, volta ao futebol brasileiro após cometer um erro muito parecido ao de Lucão no clássico contra o Corinthians. O zagueiro, de 1,90, 27 anos, foi apontado como o vilão na surpreendente derrota do Porto ao pequeno Arouca por 2 a 1. Derrota que deixou o Porto muito longe da disputa do título português com o Benfica e Spoting.

A falha de Maicon se deu quando ele tentou sair jogando e entregou a bola de presente para Walter Gonzáles, do Arouca, marcar o gol da vitória, aos 20 minutos do segundo tempo.

O erro, apesar de grotesco, poderia ter sido perdoado pelos torcedores do Porto. O problema é que Maicon alegou uma contusão no lance do gol e deixou o campo antes mesmo de ser substituído por Rúben Neves. Ao sair de campo, deixando seu time com dez jogadores, Maicon levou uma estrondosa vaia. Detalhe: Maicon era o capitão do Porto.

No dia seguinte, a esposa do zagueiro criticou os médicos do Porto nas redes sociais, que, segundo ela comentou, não vieram a público para esclarecer a contusão de Maicon.

A imagem que ficou é de que Maicon teria abandonado o campo envergonhado com a falha. E de capitão passou a dispensável pelo Porto. O clube português aproveitou o interesse do São Paulo e emprestou o zagueiro por seis meses. Nas redes sociais, o irmão de Maicon disse que ele vai voltar ao Porto mais fortalecido.

Com Maicon, o São Paulo terá ainda para a zaga: Lucão, condenado pela torcida, Rodrigo Caio, volante de origem e improvisado de beque, Breno, pagando o preço por ter ficado muito tempo sem jogar ao ser detido na Alemanha, e Diego Lugano, de 35 anos, e ainda uma incógnita por não ter emplacado bom futebol nos últimos clubes que atuou.

Tem ainda Maidana, aquele que foi envolvido no escândalo de propinas da gestão Carlos Miguel Aidar. Maidana acaba de ser campeão da Libertadores Sub-20. É um bom zagueiro, mas provoca aqueles calafrios na torcida.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.