As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Palmeiras rumo à Série B

Luiz Prosperi

29 de agosto de 2012 | 22h54

A situação do Palmeiras no Campeonato Brasileiro já não é apenas delicada, é desesperadora. Derrotado por impiedosos 3 a 0 nesta quarta-feira à noite no Canindé pela Portuguesa, o time de Felipão chegou ao limite.

Não há mais tempo para reorganizar a casa. É preciso um pacto de união em todos os setores do clube em honra à permanência na Série A.

Felipão tem de repensar alguns conceitos. De nada adianta montar o time em busca do gol se lá na defesa tudo parece desarrumado. Uma alternativa seria refazer o setor defensivo do mesmo molde adotado na Copa do Brasil.

Mais que fazer gols, o Palmeiras não pode sofrer gols como os que levou da Portuguesa.

Nem adianta fazer contas em cima dos pontos que precisa para escapar da Série B. O grande Palestra Itália tem de jogar daqui para frente como time pequeno. Fechadinho. Caso contrário, a barca vai navegar sem tempestades ao porto seguro da Segunda Divisão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.