As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Palmeiras vai oferecer R$ 4,5 milhões por Lucas Barrios

Alexandre Mattos espera convencer o atacante a assinar com o Palmeiras. Cruzeiro se assusta com a proposta do clube paulista e desiste de Barrios

Luiz Prosperi

16 de junho de 2015 | 17h06

Barrios só não vai jogar no Palmeiras se não quiser. Alexandre Mattos, autorizado pelo presidente Paulo Nobre, ofereceu 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 4,5 milhões) livre ao atacante, como luvas de um eventual contrato – não entra aí o dinheiro que o clube paulista vai desembolsar ao Spartak Moscou para ter os direitos federativos do atacante.

Com essa oferta a Lucas Barrios, o Palmeiras tirou o Cruzeiro da parada. O clube mineiro tinha interesse no atacante argentino naturalizado paraguaio, mas se assustou quando descobriu os valores da proposta do Palmeiras ao jogador. Dentro do Cruzeiro, essa negociação do clube paulista foi considerada como “loucura”.

Mattos está na Argentina para fechar os detalhes do negócio com familiares de Barrios. O atacante está no Chile disputando a Copa América pelo Paraguai e foi o autor do gol de empate (2 a 2) com a Argentina, no último sábado.

Barrios apareceu forte no futebol em 2008 ao marcar 37 gols em 38 jogos pelo Colo Colo, do Chile. Com o sucesso no futebol chileno, foi negociado com o Borussia Dortmund. No time alemão somou 44 gols em duas temporadas. Depois foi para o Guangzhou Evergrande, da China, sem se destacar.

Trocou o futebol chinês pela Rússia, contratado pelo Spartak. Sem sucesso no futebol russo, foi emprestado ao Montpellier, da França, onde conseguiu marcar 11 gols.

A contratação de Lucas Barrios é uma aposta de Alexandre Mattos, última tacada para dar a Marcelo Oliveira um time com perfil de campeão brasileiro. Aliás, ser campeão neste ano é tudo o que Nobre mais quer. Custe o que custar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.