As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Santos favorito

Luiz Prosperi

07 de maio de 2011 | 21h48

O Santos é o favorito no primeiro clássico contra o Corinthians na decisão do Paulistão, neste domingo, no Pacaembu. Tem mais time e técnico. Sem falar na dupla Neymar e Paulo Henrique Ganso. Pesa contra apenas o fator Pacaembu, que será quase inteiro da Fiel.

Muricy Ramalho, além de contar com jogadores especiais, aproveitou os desfalques do lateral-esquerdo Léo e do volante Arouca para armar seu time com uma formação interessante. No lugar de Léo, deslocou Pará, acostumado a jogar nas duas laterais. E na vaga de Arouca, escalou Alex Sandro, lateral de origem e com pinta de volante. No ataque, Zé Eduardo foi barrado.

Com essas trocas, o treinador passa a ter boas opções: no setor esquerdo, Alex Sandro pode cobrir bem as investidas de Pará no ataque. No setor direito, o lateral Danilo, na posição de volante, tem tudo para se entender com Jonathan. Na proteção da zaga, Adriano.

  Assim Muricy poderá avançar um pouco mais Elano e Ganso no auxílio a Neymar no ataque, projeto que deu certo no segundo tempo contra o São Paulo nas semifinais. Vem chumbo grosso para cima do Corinthians.

Tite não tem muito o que fazer. Sem o lateral direito titular, Alessandro, vai improvisar um volante no setor. Moradei tem tudo para assumit a posição. Jogaria ali apenas para marcar. Outra opção seria o zagueiro Wallace, que teria a missão de colar em Neymar como um perdigueiro. O resto da estrutura do time não muda: Ralf e Paulinho na função de volantes, Bruno Cesar na meia e o trio de frente com Jorge Henrique, Liedson e Dentinho ou Willian.

Olhando as duas equipes no papel, o Santos é o grande favorito. Acontece que no futebol nem sempre o melhor vence. Quem tem de fazer a diferença é a imensa torcida do Corinthians.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.