As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tite perdeu o controle do Corinthians

Luiz Prosperi

22 de agosto de 2013 | 14h05

Algo de muito estranho acontece no Corinthians. O time parou de jogar bola. Parece sem rumo. Tite, antes um novo catedrático do futebol, não consegue mais organizar a esquadra. Não encontrou um lugar até hoje para fazer Pato jogar e não achou uma solução para a ausência de Paulinho.

A derrota para o Luverdense, mesmo com o gol irregular de Misael (arrumou a bola com a mão no lance capital), já estava anunciada em função das péssimas exibições do time no Campeonato Brasileiro. Uma hora a casa iria cair. Caiu em Lucas de Rio Verde.

Sem solução para os problemas no campo, Tite dá sinais de que não consegue mais manter o equilíbrio emocional dele e do time. O destempero de Emerson Sheik no gramado e fora dele, o “nem aí” de Romarinho que o treinador quer transformá-lo em um novo Jorge Henrique e falta de brio de alguns intocáveis do time indicam que a fórmula de Tite se esgotou.

Ou ele reinventa o Corinthians, quem sabe voltando para o básico com dois volantes, dois meias e dois atacantes, ou vai cair em desgraça com a torcida pedindo a sua cabeça.

 

PARA LEMBRAR

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.