Dacar atrai de jovens a piloto de caminhão idoso

Ricardo Ribeiro

06 de janeiro de 2015 | 08h42

Fala aí, tudo certo?
Você acha que você está velho, cansado, e mal consegue dar uma corridinha no parque num domingo de sol? Ou acha que é novo demais e ainda tem muito o que aprender antes de partir pra uma grande aventura como o Dacar? Então veja quem é o piloto mais velho e o mais novo na competição.Veja também alguns números do evento. São bem interessantes. Logo mais tô de volta!1 equipe 100% feminina: francesas Catherine Houlès e Sandrine Ridet.5 é o número de participantes brasileiros no Dacar 2015: Jean Azevedo (carros), Guilherme Spinelli e Youssef Haddad (carros), Eduardo Sachs (navegador do piloto português Ricardo Leal, e André Suguita (quadriciclos)

2 brasileiros são estreantes: Eduardo Sachs e André Suguita

1 drone, pela primeira vez, estará disponível para os canais de TV para imagens ainda mais “dentro” da corrida.

4 etapas maratonas (carros, motos/quadriciclos, caminhões), sem assistência da equipe e totalmente independente.

4 é o número de títulos disputados no Dacar, nas categorias moto, quadriciclos, carros e caminhões.

11 mulheres inscritas para o Dakar nos carros, motos e quadriciclos, ou seja, 3% do total de competidores inscritos.

11 é o recorde de vitórias no evento, de Stéphane Peterhansel, com 6 títulos nas motos e 5 nos carro. Vladimir Chagin detém o recorde de vitórias em uma única categoria, com sete triunfos nos caminhão.

18 anos é a idade do mais jovem piloto, Jorge Lacunza, da Argentina, inscrito na categoria motos.

28 é número de países visitados pelo Dacar desde a sua criação.

30 é o número de médicos presentes no hospital dos acampamentos, para cuidar dos pilotos e equipes da organização.

46 é número de pilotos dos quadriciclos inscritos para a edição de 2015, o que é um recorde.

53 é o número de nacionalidades representadas no rali, sendo 18% francês, 14,8% holandeses, 12,2% argentinos, 6,2% espanhol, 5,9% chilenos.

60 é o número de zonas seguras para os espectadores ao longo das rotas dos trechos especiais. Por aqui na Argentina e Chile, uma multidão vai para a beira das estradas acompanhar a passagem do rali.

64 é o número de caminhões que se inscreveram para participar do Dacar.

73 anos é a idade do competidor mais velho no rali, o japonês Yoshimasa Sugawara, em um caminhão.

89 é o número de pilotos que participam pela primeira vez, ou seja, 20,27% do total.

138 é o número de carros inscritos para participar do rali.

164 é o número de motos inscritas que largaram em Buenos Aires

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.