Brasileiros lideram Campeonato Mundial de Rally Cross Country no país da Copa de 2022

Brasileiros lideram Campeonato Mundial de Rally Cross Country no país da Copa de 2022

Ricardo Ribeiro

24 de fevereiro de 2019 | 10h30

Opa, beleza? Notícia boa vindo lá do Catar, o país da Copa de 2022! Os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin estão na liderança do Campeonato Mundial de Rally Cross Country, que começou na sexta-feira em Doha e terminará dia 26.

A etapa deste domingo teve 351,98km na região da capital do país e Reinaldo e Gustavo ficaram em nono entre todos os participantes, mas em primeiro nos UTVs. O vencedor do dia, e líder da competição no resultado acumulado, é Nasser Al Attiyah, que venceu o Dakar 2019 na categoria Carros.

A história dos UTVs no Brasil

Os bastidores da disputa entre CBA e CBM pelos UTVs

Carta em conjunto da CBA e CBM nunca saiu

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin estão disputando o Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar com um UTV Can-Am Maverick X3. Foto: MCH

A etapa de abertura do Mundial está sendo marcada pela dificuldade na navegação e pelo “mar de pedras”. No sábado, o UTV dos brasileiros teve três pneus furados. “Tivemos que parar várias vezes para trocar. Faltou estepe e agora vou levar pneu extra amarrado até no teto”, falou, em tom de brincadeira, Reinaldo Varela.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin estão disputando o Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar. Foto: MCH

Gustavo Gugelmin, campeão do Rally Dakar 2018 ao lado de Varela, disse que a navegação no Catar é bem difícil. “Aqui é sempre complicado e é comum dar uma perdidinha. Tudo é muito claro, por causa da areia e das dunas, e a atenção precisa ser redobrada para conseguir achar as estradas”, contou o navegador, que é de Santa Catarina.

Vamos adotar a cautela a partir de agora para tentar faturar o Mundial!

A dupla brasileira já pensa na estratégia para tentar faturar a primeira corrida do calendário do Campeonato Mundial de Rally Cross Country. “Agora vamos ter mais cautela e poupar o UTV para garantir o título aqui no Catar. Nosso foco é a temporada de 2019”, contou Reinaldo Varela, que, além de piloto, é empresário no ramo de alimentação no Brasil. A franquia dele, a Divino Fogão, tem 186 restaurantes em shoppings no país.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin estão disputando o Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar. Foto: MCH

A prova continua na segunda-feira, com dois trechos cronometrados. O primeiro deles, com 227,99 quilômetros, será etapa Maratona, quando os competidores não podem ter assistência mecânica. E a segunda perna terá 121,41 quilômetros.

Resultados da terceira etapa, neste domingo

1. Nasser Saleh Al-Attiyah (QAT)/Matthieu Baumel (FRA) – Toyota Hilux Overdrive – 3h27min33seg
2. Yazeed Al-Rajhi (SAU)/Dirk von Zitzewitz (DEU) – Toyota Hilux Overdrive – 3h28min44seg
3. Jakub Przygonski (POL)/Timo Gottschalk (DEU) – MINI John Cooper Works Rally – 3h30min16seg
4. Vladimir Vasilyev (RUS)/Konstantin Zhiltsov (RUS) – BMW X3 CC – 3h46min06seg
5. Bernhard Ten Brinke (NLD)/Tom Colsoul (BEL) – Toyota Hilux Overdrive – 4h03min29seg
6. Miroslav Zapletal (CZE)/Marek Sykora (SVK) – Ford F150 Evo – 4h09min06seg
9. Reinaldo Varela (BRA)/Gustavo Gugelmin (BRA) – Can-Am Maverick X3 -4h55min57seg

Classificação geral acumulada após três etapas

1. Nasser Saleh Al-Attiyah (QAT)/Matthieu Baumel (FRA) – Toyota Hilux Overdrive – 7h12min42seg
2. Yazeed Al-Rajhi (SAU)/Dirk von Zitzewitz (DEU) – Toyota Hilux Overdrive – 7h22min34seg
3. Jakub Przygonski (POL)/Timo Gottschalk – (DEU) – MINI John Cooper Works Rally – 7h23min28seg
4. Vladimir Vasilyev (RUS)/Konstantin Zhiltsov – (RUS) BMW X3 CC – 7h47min10seg
5. Yasir Seaidan (SAU)/Laurent Lichtleuchter (FRA) – MINI John Cooper Works Rally – 8h34min47seg
6. Miroslav Zapletal (CZE)/Marek Sykora (SVK) – Ford F150 Evo – 9h00min34seg
7. Bernhard Ten Brinke (NLD)/Tom Colsoul (BEL) – Toyota Hilux Overdrive – 10h02min17seg
8. Reinaldo Varela (BRA)/Gustavo Gugelmin (BRA) – Can-Am Maverick X3 – 10h21min56seg
9. Fedor Vorobeyev (RUS)/Kirill Shubin (RUS) – Can-Am Maverick X3 – 12h11min11seg
10. Khalid Al-Mohannadi (QAT)/Loic Minaudier – (FRA) Polaris RZR 1000 – 12h39min22seg
11. Camelia Liparoti (ITA)/Max Delfino (FRA) – Yamaha YZX 1000 R – 13h01min13seg
12. Mohammed Al-Meer (QAT)/Alexey Kuzmich (RUS) – Toyota Land Cruiser – 13h05min56seg

* Ricardo Ribeiro, paulista, 47 anos, é jornalista, louco por internet, tecnologia, fotografia, vídeo e café. A trabalho, participando das maiores provas off-road do Planeta, já esteve em 38 países. Fez a cobertura do Paris-Moscou-Ulan Bator-Beijing, entre França, Alemanha, Holanda, Finlândia, Rússia, Cazaquistão, Mongólia e China. Também foi quatro vezes para o até então ‘Paris-Dakar’ na França, Espanha, Marrocos, Mauritânia, Líbia, Egito, Tunísia, Mali, Burkina Faso e Senegal, na África, e três vezes entre Argentina, Chile, Bolívia e Peru. Fez a cobertura do Rally dos Sertões pela primeira vez em 1999. Já fez a cobertura da Stock Car, a maior prova do automobilismo brasileiro, da MotoGP, Rally RN 1500 e várias outras competições.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.