Brasileiros vencem o Rally do Cazaquistão e estão a dois pontos de título mundial de Rally Cross Country

Brasileiros vencem o Rally do Cazaquistão e estão a dois pontos de título mundial de Rally Cross Country

Ricardo Ribeiro

01 de junho de 2019 | 20h55

O piloto Reinaldo Varela e o navegador Gustavo Gugelmin venceram na categoria UTV o Rally do Cazaquistão, que terminou neste sábado na cidade de Aktar, no país da Ásia Central. A prova começou na segunda-feira e percorreu cerca de 2.500 quilômetros entre trechos cronometrados e deslocamentos.

A partir de agora os brasileiros estão mais perto da vitória na temporada 2019, que terminará na África, em outubro, quando será disputada a última etapa da Copa do Mundo, durante o Rally do Marrocos.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin vencem o Rally do Cazaquistão, válido pela Copa do Mundo de Rally Cross Country. Foto: MCH/Divulgação

O Rally do Cazaquistão foi a terceira etapa da Copa do Mundo: a competição já passou por Doha (Catar) e Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Os brasileiros venceram no Catar e no Cazaquistão, e ficaram em segundo em Abu Dhabi.

Varela e Gugelmin enfrentaram todo tipo de terrenos com um UTV Can-Am Maverick X3 no Cazaquistão. “Foi uma prova muito difícil e complicada e vencemos em percursos com pedras enormes, areia, dunas, chuva e poças d’água . Não ganhamos o campeonato por antecipação por apenas dois pontos. Agora vamos para o Marrocos tentar a vitória e levar mais um título nos UTVs para o Brasil”, contou Reinado Varela, que é bicampeão do Rally dos Sertões nos Carros e campeão do Dakar 2018 nos UTVs ao lado de Gugelmin.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin vencem o Rally do Cazaquistão, válido pela Copa do Mundo de Rally Cross Country. Foto: MCH/Divulgação

O próximo grande desafio da dupla brasileira será o Rally dos Sertões, que começará dia 24 de agosto na cidade de Campo Grande (MS). O maior rali do país vai percorrer 4.700 quilômetros até Aquiraz, na Grande Fortaleza e a chegada está marcada para dia 1 de setembro.

Tendências: