Com 4.839,87 quilômetros, 301 participantes e inspiração no Tour de France, Sertões larga 24/8

Com 4.839,87 quilômetros, 301 participantes e inspiração no Tour de France, Sertões larga 24/8

Ricardo Ribeiro

06 de agosto de 2019 | 15h15

Tudo bem, amigos e amigas? Contagem regressiva para o Rally dos Sertões 2019, uma das maiores provas off-road do mundo. A competição vai dar a largada dia 24 de agosto em Campo Grande (MS) e terminará 1 de setembro em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza.

Roteiro oficial do Rally dos Sertões 2019. Imagem: Divulgação Dunas Race

O “Sertões”, como passa a ser chamado oficialmente pela Organização, sem a palavra “Rally”, terá 4.839,87 quilômetros no total, passando pelo Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará.

A prova é aberta para as categorias Carros, Motos, Quadriciclos e UTVs no Cross Country, onde o vencedor é aquele que acelerar mais e percorrer todo o trajeto em menor tempo ao longo dos nove dias de disputas. Também haverá a categoria Regularidade, que vence quem conseguir manter a velocidade o mais próximo da determinada pela organização, e as expedições de passeios para carros e motos.

Serão 42 carros no Cross Country (velocidade), 18 carros no Regularidade, 55 UTVs, 65 motos e seis quadriciclos. Considerando os carros e UTVs que têm normalmente dois ocupantes, com piloto e navegador, o Sertões 2019 terá 301 competidores.

Inspiração na camisa amarela do Le Tour de France

Uma das novidades do Rally dos Sertões para esse ano é o “cordão de líder” produzido pela joalheria HStern. Como o rali tem uma etapa por dia, os líderes da competição nas categorias vão usar o cordão com o logomarca do evento, identificando-o como o ponteiro da prova até aquele momento.

Estudo para a criação do cordão do líder do Rally dos Sertões, da HStern,, que será lançado oficialmente na quinta-feira no Shopping Iguatemi, em São Paulo

 

Estudo para a criação do cordão do líder do Rally dos Sertões, da HStern,, que será lançado oficialmente na quinta-feira no Shopping Iguatemi, em São Paulo

No final da competição, dia 1 de setembro, o campeão na classificação geral ficará com a joia da HStern, que é exclusiva e rara.

A ideia foi inspirada na “camisa amarela” da maior competição de ciclismo do mundo, o Le Tour de France. Na prova da mesma organizadora do Rally Dakar, a empresa francesa ASO, o líder usa uma camiseta diferenciada para que a imprensa e os fãs possam identificar quem está na frente da competição, que dura vários dias. A cor foi escolhida para homenagear o jornal L’Auto Vélo, criador do Tour de France e que usava papel amarelo. A tradição da camisa amarela já tem 100 anos.

O empresário Marcos Ermírio de Moraes, um dos sócios do Rally dos Sertões, no lançamento do relógio exclusivo da HStern. Foto: Divulgação/HStern

“A parceira com a HStern é uma tradição dos Sertões. Graças ao espírito inovador da HStern e do Sertões, os líderes da prova carregam mais do que a responsabilidade de conduzir a classificação eles levam também uma joia digna da posição que ocupam. E tem mais novidade chegando na nossa colaboração com a HStern… Não percam….”, diz Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, a empresa que organiza o Rally dos Sertões.

“Há mais de 70 anos, a HStern se orgulha de fazer parte dos mais importantes eventos nacionais e, seguindo esta tradição, é uma grande satisfação oferecermos a premiação aos líderes e campeões do mais famoso rally das Américas”, afirma Alix de Ligne, Gerente de Marketing da HStern.

Quilometragem total oficial do Rally dos Sertões 2019

Etapa 1 – 25/08 (domingo)
Campo Grande (MS) – Costa Rica (MS)
Deslocamento Inicial (DI) – 19,69 Km
Trecho Cronometrado (TE) – 437,19 Km
Deslocamento Final (DF) – 30,54 Km
Total: 487,42 Km

Etapa 2 – 26/08 (segunda-feira)
Costa Rica (MS) – Barra do Garças (MT)
DI – 89,77 Km
TE – 533,08 Km
DF – 21,51 Km
Total: 644,36 Km

Etapa 3 – 27/08 (terça-feira)
Barra do Garças (MT) – São Miguel do Araguaia (GO)
DI – 111,07 Km
TE – 403,51 Km
DF – 250,24 Km
Total: 764,82 Km

Etapa 4 – 28/08 (quarta-feira)
São Miguel do Araguaia (GO) – Porto Nacional (TO)
DI – 69,11 Km
TE – 275,76 Km
DF – 226,98 Km
Total: 570,10 Km

Etapa 5 – 29/08 (quinta-feira)
Porto Nacional (TO) – São Felix do Tocantins (TO)
DI – 141,96 Km
TE – 330,34 Km
DF – 2,72 Km
Total: 475,02 Km

Etapa 6 – 30/08 (sexta-feira)
São Felix do Tocantins (TO) – Bom Jesus (PI)
DI – 0 Km
TE – 535,6 Km
DF – 2.25 Km
Total: 537,85 Km

Etapa 7 – 31/08 (sábado)
Bom Jesus (PI) –  Crateús (CE)
DI – 2,13 Km
TE – 324,98 Km
DF – 628,69 Km
Total: 955,80 Km

Etapa 8 – 01/09 (domingo)
Crateús (CE) – Aquiraz (CE)
DI – 380,55 Km
TE – 18 Km
DF – 5,95 Km
Total: 404,50 Km

Quilometragem total do Rally dos Sertões: 4.839,87 Km
Total final de trechos cronometrados: 2.858,46 Km
59% de trechos cronometrados

* Ricardo Ribeiro, 48 anos, já participou dos maiores ralis do mundo, como o Paris-Moscou-Ulan Bator-Pequim. Cobriu 7 vezes o ‘Paris-Dakar’, na Europa, África e América do Sul, e já trabalhou em mais de 10 Sertões.

Tendências: