Exclusivo: Empresário Marcos Ermírio de Moraes vende 51% do Rally dos Sertões; edição 2019 vai largar em Campo Grande e deve chegar em praia do Nordeste

Exclusivo: Empresário Marcos Ermírio de Moraes vende 51% do Rally dos Sertões; edição 2019 vai largar em Campo Grande e deve chegar em praia do Nordeste

Ricardo Ribeiro

08 Dezembro 2018 | 17h07

Olá fãs do rali, tudo bem? Bora falar do Rally dos Sertões? Uma das maiores competições off-road do mundo está de cara nova, com novos sócios e cheio de novidades a partir de agora.

O empresário Marcos Ermírio de Moraes, que dirige o evento há mais de 20 anos e um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento desse tipo de competição no país nas duas últimas décadas, vendeu 51% do evento.

O Sertões agora conta com dois novos sócios, o executivo do setor financeiro, Julio Capua, sócio-fundador da XP Investimentos, e Joaquim Monteiro, ex-ceo da Empresa Olímpica dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Joaquim é agora o novo ceo do Rally dos Sertões.

Joaquim Monteiro, Marcos Ermírio de Moraes e Julio Capua, os novos sócios do Rally dos Sertões. Foto: Divulgação

Ermírio de Moraes ficará responsável pela parte técnica da competição e caberá a ele achar os melhores roteiros pelo interior do Brasil. Ele também fará o relacionamento com pilotos e equipes e com as Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), que regem as regras técnicas da prova.

Joaquim terá a missão de transformar o Sertões, literalmente, em uma máquina de produção e distribuição de conteúdos, com foco total em mídia e em plataformas digitais e mobile. Joaquim também comandará o departamento comercial da empresa e o relacionamento com prospects e patrocinadores.

Pilotos comemoram na chegada em Fortaleza no Rally dos Sertões 2018. Competição é emoção pura, ainda mais quando termina em praia do Nordeste. Foto: Victor Eleutério/Fotop/Vipcomm

O Rally dos Sertões quer voltar a realizar o Sertões Series, que são provas menores com dois ou três dias de duração. O Sertões “tradicional” tem cerca de 4.000 quilômetros e sete dias de disputas, em média.

A nova direção também anunciou a organização de outros eventos esportivos ligados ao ar livre, como corridas de aventura e mountain bike.

E os planos são ambiciosos. Capua, Monteiro e Moraes cogitam até transformar o Rally dos Sertões em um dos maiores eventos off-road do mundo nos próximos anos.

Outras metas são divulgar as belezas do Brasil, internamente e no exterior, com as imagens distribuídas durante a prova, revelando roteiros turísticos e paisagens nada convencionais.

Para comemorar a nova sociedade, também foi anunciado que para a edição comemorativa de 30 anos do Rally dos Sertões, em 2022, ano do aniversário de 200 anos da independência do Brasil, o Rally dos Sertões largará do Chuí e percorrerá todas as regiões do Brasil até uma capital do Nordeste.

Rally dos Sertões 2019 pode terminar em praia do Nordeste

A 27a. edição do Rally dos Sertões vai largar em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, no dia 24 de agosto de 2019. A chegada, dia 1 de setembro, pode ser em alguma praia do Nordeste. Aliás, chegar nas areis do Atlântico é objeto de desejo da maioria esmagadora dos competidores. A organização do evento tem reuniões agendadas em vários estados do país para tratar do roteiro.

E logo mais vamos falar de Dakar aqui no blog! Fique ligado!