Guiga Spinelli e Youssef Haddad vencem o “oscar do automobilismo brasileiro”

Guiga Spinelli e Youssef Haddad vencem o “oscar do automobilismo brasileiro”

Ricardo Ribeiro

08 Novembro 2017 | 23h08

Alô, alô! Tudo bem, amigos?

Hoje é noite de festa das quatro rodas em semana de Fórmula 1 em São Paulo.

Nesta quarta-feira (8) foi realizada a festa do Prêmio Capacete de Ouro, o “oscar do automobilismo brasileiro”, no Teatro Elis Regina, no Anhembi.

São várias categorias homenageadas, que começam pelas crianças do kart. E uma dessas categorias é o cross country, para participantes de provas como o Rally dos Sertões e o Campeonato Brasileiro de Rally.

O piloto Guiga Spinelli e o navegador Youssef Haddad, da equipe Petrobras Rally Team, foram os grandes campeões do Capacete de Ouro na categoria off-road.

A dupla Glauber Fontoura e Minae Miyauti ficou com o de prata e André Miranda e Alison Pedroso com o bronze.

O Rally dos Sertões, uma das maiores provas off-road do mundo, recebeu uma homenagem especial pelos 25 anos. Os bicampeões na categoria Carros, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, da X-Rally Team, ganharam um troféu especial.

Guiga Spinelli e Youssef Haddad, competidores do Rally dos Sertões, venceram o Prêmio Capacete de Ouro. Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotop

Guiga Spinelli e Youssef Haddad, competidores do Rally dos Sertões, venceram o Prêmio Capacete de Ouro. Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotop

 

Glauber e Minae. Foto: Sanderson Pereira/Divulgação

 

A equipe toda reunida: Glauber e Minae, à frente e à direita. Foto: Divulgação/FD Rally Team. Foto: Gustavo Epifânio/Fotop

 

Beco Andreotti e Cristian Baumgart, bicampeões do Rally dos Sertões na categoria Geral dos Carros. Magnus Torquato/Fotop

 

Carro do piloto Cristian Baumgart e do navegador Beco Andreotti, bicampeões do Rally dos Sertões. Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotop

 

André Miranda e Alison Pedroso ficaram com o Capacete de Bronze. Foto: Sanderson Pereira

 

André Miranda e Alison Pedroso. Foto: Sanderson Pereira

*  Ricardo Ribeiro, paulista, 46 anos, é jornalista, louco por internet, tecnologia, fotografia e café (vinho também!). Já participou dos maiores ralis do mundo, como o Paris-Moscou-Ulan Bator-Pequim, entre França, Alemanha, Holanda, Finlândia, Rússia, Cazaquistão, Mongólia e China. Também cobriu quatro vezes o até então ‘Paris-Dakar’ no Marrocos, Mauritânia, Líbia, Egito, Tunísia, Mali, Burkina Faso e Senegal, na África. Já trabalhou na divulgação de mais de 10 edições do Rally dos Sertões, Enduro da Independência e Rally Cerapió/Piocerá, no Brasil. O conteúdo produzido por Ricardo Ribeiro foi amplamente divulgado pelos jornais O Estado S.Paulo e Jornal da Tarde, Agência Estado, Rádio Eldorado e pelos canais de TV ESPN Brasil, Band, Record e SBT, além de importantes revistas especializadas como Quatro Rodas.