Ar do Rio de Janeiro será monitorado durante Rio+20

gabrielacupani

15 de junho de 2012 | 12h07

Gheisa Lessa

A qualidade do ar do Rio de Janeiro será monitorada durante os oito dias da Rio+20, afirma o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) do Estado. De acordo com o órgão, que será o responsável pela medição, o objetivo é concluir se o nível de partículas em suspensão está de acordo com as exigências de proteção do meio ambiente.

A Conferência das Nações Unidas (ONU) sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, reúne chefes de Estado no Rio de Janeiro desde a última quarta-feira, 13, até a próxima sexta, 22. O evento pretende discutir o compromisso político com o desenvolvimento sustentável.

De acordo com o Crea-RJ, além da medição da qualidade do ar durante o evento, o conselho também vai lançar, nesta sexta-feira, 15, a Cartilha Rio+20 do Crea-RJ. Na publicação serão encontradas propostas da entidade alinhadas aos eixos transversais de segurança alimentar, economia verde, combate à fome e à pobreza além de compromissos de sustentabilidade ambiental. Dois mil exemplares serão distribuídos para o público visitante do estande na Cúpula dos Povos, segundo o Crea.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: