Arena para diálogo entre governo e sociedade é aberta

João Coscelli

16 de junho de 2012 | 14h35

A Arena Socioambiental, um espaço de diálogo do governo federal com a sociedade civil em torno dos temas da Rio+20, foi aberta nesta manhã, 16, como parte da Cúpula dos Povos.

Segundo o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, a ideia principal do governo é ouvir as demandas e sugestões da população. “Esse espaço é um grande orelhão, onde o governo quer ouvir a sociedade. As relações entre governo e sociedade civil é sempre tensa, mas é levando esse diálogo que seguiremos encontrando os melhores caminhos”, disse.

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, fez o discurso de abertura e leu uma carta enviada pelo ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que participaria do evento, mas cancelou presença por questões médicas. Na carta, Lula pediu vontade política para associar o desenvolvimento econômico, social e ambiental.

O primeiro debate, sobre o enfrentamento à pobreza, começa na tarde deste sábado com os ministros do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

Tudo o que sabemos sobre:

Cúpula dos Povosdebate

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.