Britânicos elogiam liderança brasileira na Rio+20

João Coscelli

17 de junho de 2012 | 13h09

Tiago Rogero – Agência Estado

Principal negociadora da Grã-Bretanha na Rio+20, a ministra do meio ambiente Caroline Spelman, agradeceu neste domingo, 17, ao Brasil por ter tomado a frente das negociações e apresentado um novo rascunho para o documento final, mais enxuto. O novo texto, com 56 páginas (ante mais de 80 do anterior) e menos colchetes – forma como são marcados os pontos de desacordo entre os países –, foi apresentado no sábado.

“Gostaria de agradecer ao governo brasileiro por ter trabalhado bastante para produzir um documento mais fino. Queremos realmente ainda ver bons resultados tangíveis, porque produzir um documento com palavras é uma coisa, mas queremos demonstrar a vontade política para conseguir resultados concretos da cúpula (dos chefes de Estado, que começa na quarta, 20)”, disse a ministra, em visita ao stand britânico no Parque dos Atletas.

Tudo o que sabemos sobre:

documentoGrã-bretanha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: