Caso Lugo repercute na Cúpula dos Povos

Paulina Chamorro

22 de junho de 2012 | 15h41

Bruno Deiro, do Rio de Janeiro

Foto: Bruno Deiro /

Em meio às manifestações ambientais, um grupo de quatro participantes paraguaios subiu ao palco principal da Cúpula dos Povos para protestar contra a ameaça de impeachmant do presidente Fernando Lugo.

“Estão pondo em risco um processo democrático que iniciou em 2008, com a saída do Partido Colorado do poder. É um golpe de Estado, não queremos mais ditaduras na América do Sul”, afirmou um dos manifestantes. “Fazemos um chamado a todo o mundo para o momento de incertezas que vive nosso país.”

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: