Empresas do mundo todo divulgam metas de sustentabilidade próprias na Rio+20

gabrielacupani

18 de junho de 2012 | 18h43

Sabrina Valle, do Rio

O Fórum de Sustentabilidade empresarial da Rio+20 divulgou hoje uma lista com 200 iniciativas voluntárias por parte de empresas de todo o mundo para reduzir ou neutralizar as emissões de gases causadores do efeito estufa.

A iniciativa de caráter internacional se soma ao documento assinado hoje por 226 empresas no Brasil criando o compromisso de estabelecer metas de sustentabilidade individuais.

A lista com empresas internacionais será enviada nesta semana ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Essa é a primeira iniciativa do setor empresarial que será monitorada pela ONU, embora ainda tenha caráter voluntário e individual. Ou seja, não há metas ou prazos gerais e a ONU vai apenas acompanhar os planos, que são estabelecidos livremente pelas próprias companhias.

No entanto, ao contrário do documento do empresariado brasileiro, a lista oficial da ONU contém programas concretos. Estão lá, por exemplo, os planos da Microsoft para neutralizar sua pegada de carbono em 1 de julho, os projetos da Unilever para reduzir à metade as emissões de gases geradas por seus produtos até 2020 e o programa da Nike para eliminar poluentes químicos de toda a sua cadeia, também até 2020.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.