Especialistas em mudanças climáticas encaminham oito sugestões para Rio+20

João Coscelli

17 de junho de 2012 | 16h30

Agência Brasil

Especialistas em mudanças climáticas e meio ambiente de 14 países farão oito propostas aos chefes de Estado e governo que se reúnem na Rio+20 a partir do dia 20 de junho. Os cientistas estão reunidos no Rio Climate Challenge, evento paralelo À conferência da ONU. Vejas as sugestões abaixo.

1 – Incluir variáveis ligadas ao desenvolvimento sustentável no cálculo do PIB dos países

2 – Atribuir um valor econômico aos serviços ambientais prestados pelos ecossistemas do planeta

3 – Investimentos pesados em energias limpas, na recuperação ambiental e na geração de empregos como saída para a atual crise econômica mundial por parte dos governos e das instituições multilaterais

4 – Modificação dos sistemas tributários e de subsídios, de forma a penalizar o uso de combustíveis fósseis

5 – Reformar o sistema financeiro internacional para criar mecanismos capazes de atrair capital financeiro a economias produtivas de baixo carbono, isto é, que emitam poucos gases de efeito estufa

6 – Criar uma medida unificada para dar transparência às metas de redução da emissão de gases de efeito estufa de cada país, incluindo a instituição de um “termômetro-símbolo” (que meça os gases), colocado locais bastante visíveis nas ruas de cidades do mundo

7 – Desenvolver mecanismos internacionais para o clima, com regras e responsabilização internacional

8 – Ampliar a discussão sobre o clima para outros foros das Nações Unidas, como o Conselho de Segurança

“O texto com as sugestões vai ser entregue às delegações e esperamos, junto com outras formas de pressão, conseguir que, de fato, exercer alguma influência nas negociações”, disse Alfredo Sirkis (PV-RJ), que preside a Subcomissão Rio+20 da Câmara dos Deputados.

Tudo o que sabemos sobre:

mudanças climáticassugestões

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: