Representantes das tribos do Brasil participam da Cúpula dos Povos

gabrielacupani

15 de junho de 2012 | 15h06

Heloisa Aruth Sturm, do Rio

Representantes das tribos do Brasil e da América Latina estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira, 15, para um encontro e apresentação das mais de 15 delegações indígenas que participarão da Cúpula dos Povos, evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio.

À tarde haverá a abertura oficial do IX Acampamento Terra Livre, organizado pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, para promover seminários, painéis de debates, casos de violação aos direitos dos povos tradicionais e cerimônias espirituais.

Pela manhã, participantes de diferentes etnias fizeram apresentações em trajes típicos e se manifestaram pelo direito à terra. Dentre eles estavam cerca de 30 jovens índios da tribo Pataxó em Minas Gerais, que se reuniram para apresentar cantos de boas vindas e de união.

Integrantes da tribo Caiapó, do Mato Grosso, foram alguns dos que se manifestaram contra a construção da Usina Hidrelétrica em Belo Monte.

O cacique caiapó Raoni discursou em guarani fazendo um chamado à luta entre as nações indígenas. “Olhem o que estão fazendo com as nossas terras e os nossos costumes. Enquanto estiver vivo, quero lutar”, disse o cacique que ficou conhecido internacionalmente por sua luta em defesa da Amazônia. “Nesse encontro importante quero pedir grandes coisas: não à destruição das florestas, não às barragens. Quero pedir que o mundo inteiro respeite os índios”.

indioscupulablog.jpg

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.