Resumo do 1º dia da cúpula – manhã

João Coscelli

20 de junho de 2012 | 13h09

O 1º dia do encontro dos chefes de Estado de governo e Estado da Rio+20 foi bastante movimentado. Veja o que aconteceu de mais importante até agora.

> A presidente Dilma Rousseff foi escolhida para presidir a conferência. Aos representantes da reunião, a presidente se disse certa de que a Rio+20 atingirá os objetivos a que se propõe. “O compromisso é complexo e urgente da agenda do desenvolvimento sustentável. Não tenho dúvidas de que estamos à altura dos desafios que nos impõem”, afirmou. Dilma discursa novamente à tarde, quando vai expor a posição brasileira sobre os temas da Rio+20.

> ‘O tempo está se esgotando’. A neozelandesa Brittany Trilford, estudante de 17 anos escolhida para representar os jovens na Rio+20, fez um apelo aos líderes mundiais. “Vocês tem três dias para salvar o futuro dos seus filhos. Dos meus filhos. Dos filhos dos meus filhos”, disse a garota. “Nós, a próxima geração, exigimos ações, exigimos mudanças, para que assim tenhamos um futuro. Confiamos em vocês nas próximas 72 horas para colocas os nossos interesses acima de todos os outros e fazer a coisa certa”, finalizou.

> Frustração entre os Major Groups. Os representantes dos grupos de discussão da Rio+20 também fizeram discursos, e o sentimento predominante nas palavras deles foi descontentamento com o documento aprovado pelas delegações. Eles disseram que o texto tem falhas e não contempla as suas principais exigências dos Major Groups.  O tom foi de fortes críticas e frustração.

> Fala muito! Os chefes de Estado começaram a discursar. O tempo máximo de cinco minutos de pronunciamento foi respeitado no início, mas houve discursos, como o de Robert Mugabe, presidente do Zimbábue, que duraram até 20 minutos. A presidência teve de reiterar – duas vezes – o tempo máximo e pedir que os líderes sejam mais breves, causando desconforto.

Tudo o que sabemos sobre:

cúpulaDilma Rousseff

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: