‘Texto é pouco ambicioso’, diz integrante de delegação italiana

gabrielacupani

19 de junho de 2012 | 15h05

Monica Ciarelli, do Rio

Desapontado. Foi assim que um integrante da delegação da Itália se definiu após a aprovação do documento proposto pelo Brasil para Rio+20.  Voz vencida nas discussões, ele não conseguiu fazer inserir no texto objetivos específicos relacionados à proteção ambiental, de florestas, cursos d’água e oceanos.

Para ele, que preferiu não se identificar a sob a alegação de que poderia ser recriminado pelos colegas, o documento deveria ir além das questões relacionadas a políticas de erradicação da pobreza. “O texto oficial é muito pouco ambicioso”, opinou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.