A fonte estava certa: Luxemburgo no lugar de Abel no Fluminense

Robson Morelli

29 de julho de 2013 | 18h24

Tempos atrás uma fonte me disse que Luxemburgo seria técnico do Fluminense. Não acreditei muito porque o cenário era totalmente desfavorável para isso. O treinador ainda estava no Grêmio e havia me dito que seu grande sonho seria ser presidente do Flamengo em 2014, alías, notícia muito contestada no Sul porque Luxa tinha mais um ano de contrato com o clube de Porto Alegre, portanto, sem condições de romper seu acordo a não ser que o time gaúcho o liberasse. Não tinha, mas acabou sendo demitido. Então, os contratos continuam valendo pouco no futebol. Mas esse é outro assunto.

Do outro, Abel Braga também parecia uma rocha no comando do clube carioca. Então, havia pouca chance dessa combinação dar certo e de minha fonte estar por dentro. Pelo menos naquele momento. E não é que o cenário mudou de certa forma que isso pode acontecer agora. Luxemburgo já não está mais no Grêmio, demitido após a queda do time na Libertadores. Ninguém entendeu direto o por quê? E Abel Braga deixou o comando do Flu nesta segunda-feira depois de não suportar a pressão por bons resultados. E olha que o cara ganhou o Brasileirão de 2012.

Antes mesmo de Abelão cair, já havia dirigente das Laranjeiras sondando Luxemburgo e Muricy, outro técnico de ponta que está no mercado. Para que a notícia passada pela fonte se concretize, basta Luxa, de fato, ser convidado a treinar o time de Deco e Fred. Se mantiver seu desejo de comandar o Flamengo da sala da presidência, Luxemburgo teria de recusar qualquer convite nesse sentido, sobretudo por se tratar de um clube do Rio. A mim ele disse que poderia ficar fora do mercado até as próximas eleições na Gávea.

ATUALIZAÇÃO
Luxemburgo se acertou com o Fluminense.

Tudo o que sabemos sobre:

fluminense; abel braga; luxemburgo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: