A tragédia do Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde: Luverdense 1 x 0 Corinthians

Robson Morelli

21 de agosto de 2013 | 23h54

O Luverdense ganhou do Corinthians por 1 a 0 na Copa do Brasil. E isso vai ficar na história do time paulista. Quem esperava um massacre do campeão do mundo, se deu mal. Fosse um jogo da loteria, poucos teriam apostado nesse resultado. O fato é que deve ser representativo para a fase do Corinthians. Péssima. Romarinho e Emerson foram expulsos. O gol de Misael também não foi tão legal assim, mas o juiz validou a jogada depois de o atacante levar a bola com a mão.

A derrota, embora simbólica e que certamente movimentará a semana no Parque São Jorge até a próxima partida, ainda não significa muito em relação à classificação do Corinthians na Copa do Brasil. O time de Tite pode muito bem reverter o resultado e seguir adiante na competição. Mas, sem dúvida, deixa um tremendo ponto de interrogação emk relação aos objetivos desse grupo.

Mais que perder para o Luverdense, o Corinthians não jogou nada. E algumas peças em campo começam a irritar o torcedor, como o atacante Pato, repaginado depois dos cabelos cortados e alisados, mas com o mesmo futebolzinho de sempre. O atacante, embora todos saibam de sua técnica e habilidade, não consegue engrenar nesse Corinthians. Emerson também coroa a semana conturbada após o beijinho na boca dado em um amigo da noite. Saiu do banco e para o banco voltou após expulsão juvenil, de bate-boca com um adversário.

De futebol ruim nesta Copa do Brasil, o que fica na tragédia do Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, é a derrota de um gigante diante de um nanico de respeito. Pelo menos nesta noite. E como disse o presidente da Luverdense, ninguém perde na véspera.

Tudo o que sabemos sobre:

corinthians; Copa do Brasil; luverdense

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.