Cariocas apanham na rodada do Brasileirão e times paulistas jogam futebol pífio

Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo perdem na rodada e Palmeiras, Corinthians, Santos e São Paulo deixam a desejar

Robson Morelli

09 de novembro de 2020 | 08h40

Duas das mais importantes praças do futebol brasileiro, com oito equipes tradicionais e de muitas conquistas, ofenderam os torcedores de seus respectivos clubes. O show de horror pegou todos os times do Rio. Flamengo, Botafogo, Vasco e Fluminense perderam seus compromissos no fim de semana. O Vasco lamentou derrota de 1 a 0 para o Palmeiras. O Botafogo parou no Bahia: 1 a 0 também. O Flu, pelo mesmo placar, foi derrotado em casa pelo Grêmio. E em Minas, o Flamengo tomou outro surra: 4 a 0 para o Atlético-MG. Foi dia de enrolar a bandeira e ir para a praia, esquecer do futebol por alguns momentos.

Dois desses gigantes do Rio, Vasco e Botafogo, estão na zona de rebaixamento do Brasileirão.

Os clubes de São Paulo também rasgaram a cartilha do bom futebol. Fosse na escola, estariam reprovados. O São Paulo ganhou do Goiás por 2 a 1, mas foi de doer. O Corinthians só empatou com o Atlético-GO em mais um apresentação de dar sono. “Tempo perdido ficar diante da TV”. Ouvi isso de um amigo corintiano no domingo.

Apesar da vitória, o Palmeiras também não jogou bem em São Januário. Custou para fazer um golzinho no Vasco. Poderia ter perdido. Até o gol foi grosseiro, porque Luiz Adriano errou o pênalti e só acertou no rebote do goleiro. O Santos fez um jogo mais animado com o Bragantino, com mais chances para o time da Bragança Paulista, é verdade. Cuca, na foto, está com covid-19 e permanece internado. É preciso acompanhar seu caso de perto. Seu irmão, Cuquinha, comandou a equipe, que começa a dar sinais de desgaste. Ficou no 1 a 1.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: