Clubes e torcedores terão de ter paciência com a tabela e as prováveis mudanças dos jogos no Brasileirão

CBF não descarta fazer rodada dirigida para facilitar a logística dos clubes ao longo das 38 jornadas e por causa da covid-19

Robson Morelli

10 de julho de 2020 | 06h00

A CBF anunciou as datas da volta do Campeonato Brasileiro. Começará dia 9 de agosto e vai invadir 2021, até 24 de fevereiro. Séries B, C e D serão da mesma forma, com dias diferentes de retomada. Nesta temporada, já atrasada, clubes e torcedores vão precisar de calma e paciência com a tabela e com os jogos marcados e remarcados. Calma ou paciência é tudo que o torcedor não tem. Se ele achar que seu time está sendo prejudicado, vai gritar. É da sua natureza. A CBF,comandada por Rogério Caboclo (foto), ainda não ajeitou a tabela, mas não descarta mudar na mão o calendário dos jogos para facilitar a logística dos times em meio à pandemia.

Explico. Quando o Corinthians for jogar contra o Grêmio em Porto Alegre, ele poderá permanecer na cidade para também enfrentar o Inter e fazer viagens a menos em sua logística. Evitar o entra e sai em hotéis, avião e ônibus. Isso se chama bom senso. A CBF vem tendo até agora, apesar de não se meter em assuntos que precisa se meter. Mas esse não é o caso aqui.

Então, numa viagem para o Rio Grande do Sul, o time paulista pode deixar seis pontos do Brasileirão lá, fora de casa, e depois tentar recuperar em seu domínio, com também uma sequência contra times visitantes de outras cidades ou região do País. O Grêmio vem para São Paulo e faz rodada dupla ou tripla na capital. Se não somar pontos, o torcedor vai chiar, assim como seus dirigentes. Como pode meu time jogar três vezes seguidas fora de casa?

A resposta diz respeito ao ano diferente no futebol, com a pandemia ainda contaminando e matando pessoas. O futebol brasileiro retoma em meio à doença e os envolvidos no futebol não podem perder isso de vista. A bola foi liberada, mas em condição restrita, de segurança e saúde, higiene e testagem regular para a covid-19. Não é carnaval. Ocorre que não tinha sentido deixar o futebol fora enquanto a cidade abria e liberava bares e restaurantes. O Brasileirão 2020 vai ser diferente, e todos têm de continuar pensando assim. É melhor ir com calma para ir até o fim.

DATAS DOS CAMPEONATOS

Brasileirão – de 9 de agosto até 24 de fevereiro

Série B – de 8 de agosto até 30 de janeiro

Série C – de 9 de agosto até 31 de janeiro

Série D – de 6 de setembro até 7 de fevereiro

Copa do Brasil – de 26 de agosto até 10 de fevereiro

Eliminatória Sul-Americana – seleção brasileira – 3 e 8 de setembro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: